Nos dias de hoje, o mercado de trabalho está muito concorrido e competitivo. Há diversos profissionais extremamente qualificados e disponíveis para contratação a todo o momento. Por isso, é muito importante agregar valor na empresa em que trabalha.

Nesse sentido, surge a necessidade de os colaboradores de qualquer negócio buscarem pela inovação em suas rotinas. O objetivo é simples: crescer profissionalmente e agregar valor à companhia da qual faz parte.

Isso está se tornando bastante comum, muito pelo fato de que somar conhecimento é uma das características mais valorizadas atualmente. Trata-se de um grande diferencial para qualquer funcionário, já que, dessa maneira, ele será indispensável ao negócio — que começará a vê-lo cada vez mais com bons olhos.

Muitas vezes, porém, não é fácil buscar inspiração para desenvolver essa reputação, pois não estamos falando de algo que acontece do dia para a noite. O processo deve ser construído com o tempo, com paciência e persistência. Visto a importância desse tema, preparamos 11 dicas para ajudar você a agregar valor na empresa em que atua. Vamos lá?

Saiba como agregar valor onde você trabalha

1. Seja você mesmo

O primeiro passo para agregar valor ao negócio é simplesmente ser você mesmo. Isso porque o mercado de trabalho está cada vez mais aberto para a autenticidade, ao passo que os negócios já estão inflados de pessoas com comportamentos que são padrões, mas não tão verdadeiros.

Juntamente a isso, há também muita gente com um perfil que é altamente resistente à mudança. Afinal, o processo gera insegurança e medo do desconhecido, além de impulsionar a saída da zona de conforto. Porém, na maioria dos casos, trata-se de algo altamente necessário. Portanto, pessoas que estão dispostas a comprar essa briga e melhorar a companhia da qual fazem parte são bem valorizadas e cada vez mais desejadas por qualquer empresa.

2. Adote a cultura do feedback

O feedback é uma excelente ferramenta para agregar valor à organização e aos profissionais que nela trabalham. Inúmeros colaboradores, porém, têm medo de enfrentar essa que nada mais é do que uma maneira de mostrar a realidade, já que muitas vezes não é algo que querem ouvir.

A grande verdade é que o feedback ajuda a construir profissionais melhores, principalmente para o desempenho de suas funções com maior competência. Então, seja adepto dessa cultura e enfrente o desafio. Saiba que a troca de opiniões não precisa se dar somente entre os colaboradores da empresa, mas também entre outras partes, tais como os clientes e parceiros. Dessa forma, você agregará um valor imenso ao negócio.

3. Amadureça suas ideias

Quem nunca teve uma boa ideia que atire a primeira pedra! Mas, muitas vezes, esse insight que é excelente para você pode não ser tão bom para seus colegas de trabalho. E isso provavelmente acontece porque a ideia não foi tão bem apresentada ou, então, por ainda não ter sido amadurecida.

Então, para não ficar com aquele sentimento de que suas sugestões nunca são aceitas — ou de que não consegue contribuir com a empresa nesse sentido —, quando tiver uma nova proposta, tente trabalhá-la de forma completa. Aprofunde e pesquise sobre o tema antes de apresentá-lo. Deixe bem claro seu objetivo e sua finalidade, mas mostre também quem serão os principais beneficiados. Dessa maneira, a chance de ser mais bem-aceito é maior e você vai agregar valor de alguma forma.

4. Estude temas que você não conhece

Outro modo de agregar valor na empresa é buscar estudar temas que você ainda não conhece. Afinal, estamos acostumados com uma cultura de especialização. Ou seja: encontramos sempre as mesmas soluções baseadas somente na experiência que temos.

Isso é um perigo, pois nos afasta de qualquer chance de trazer inovação para o negócio. Portanto, permita que sua cabeça inove: estude outros assuntos e novas disciplinas (além daquelas com as quais você já tem familiaridade). Conhecer algo novo o ajudará a sair da sua zona de conforto. Assim, suas ideias ficarão mais ousadas e terão mais chances de agregar vantagens à companhia.

5. Utilize o coletivo a seu favor

Não tem jeito: para que a probabilidade de desenvolver ideias inovadoras seja maior, é importante compartilhar conhecimento com outras pessoas no ambiente de trabalho. Por isso, é preciso pensar mais no coletivo do que no individual.

Agindo dessa maneira, será possível criar uma cultura totalmente colaborativa, com aquele pensamento de que “juntos todos podem ser mais fortes”, e agregar cada vez mais valor para a empresa com suas ideias e soluções. Obviamente, a cada proposta sugerida e aceita, deve-se dar o devido crédito a todos que participaram da sua construção.

6. Busque por metodologias que estimulem a inovação

Outra maneira de agregar valor na empresa é buscar incorporar metodologias que trazem a inovação, afinal muitas delas já estão prontas e costumam gerar resultados para as organizações que as adotam. Dessa maneira, além de motivar as pessoas com algo novo, será possível propor soluções que jamais seriam pensadas pelos meios convencionais.

Duas metodologias que recomendamos são: o design thinking — um conjunto de métodos e processos para analisar problemas e propor soluções — e o Storytelling, que é uma maneira de compartilhar ideias baseada no ato de contar histórias.

7. Seja lean

Uma das traduções da palavra “lean” para o português é “enxuto”. Quando aplicamos isso nas empresas, com o objetivo de trazer inovação a elas, significa que é preciso simplificar as coisas. O interessante de ser lean é seguir um caminho contrário ao que é difundido pelo senso comum. Geralmente, pensamos em soluções complexas para problemas que são simples, mas essa não é a melhor saída. Então, por que não simplificar as coisas?

Ser lean é exatamente isso: descomplicar as respostas, para que elas possam se adequar melhor à questão, de forma muito mais natural. O valor agregado para o negócio é algo imensurável quando há a proposta de soluções mais enxutas.

8. Inove

Outra maneira de agregar valor na empresa em que trabalha é sendo inovador. A fuga do lugar-comum costuma chamar a atenção de líderes e dos colegas, bem como dos clientes.

Nem sempre é fácil inovar. Mas trata-se de algo possível quando a pessoa se mantém atualizada e a par das tendências de mercado (sejam elas referentes a produtos e serviços ou a estratégias e métodos de trabalho). A opinião de um inovador pode gerar impacto no negócio e determinar novos rumos para a empresa ou, pelo menos, ajudar em seu crescimento.

As novidades costumam atrair a atenção dos consumidores. O importante é que o entusiasmo permaneça, não sendo apenas momentâneo. Por isso, a inovação precisa de fundamentos e não pode ser simplesmente uma ideia que a pessoa “acha” que funciona.

9. Surpreenda os colegas

Uma maneira de melhorar o ambiente de trabalho e o relacionamento com os colegas é sendo dinâmico e criativo, capaz de surpreender aos outros positivamente. Uma ideia, uma atitude, um gesto, uma sugestão oportuna — tudo pode provocar a admiração dos demais profissionais, estimulando-os.

Em um mercado cheio de concorrência, mostrar-se disposto a ajudar aos colegas, a ensinar alguma coisa a eles ou a compartilhar suas experiências e seus conhecimentos seria uma forma de surpreender, de fomentar o trabalho cooperativo sem rivalidades ou intrigas.

10. Faça além do que foi solicitado a você

Essa é, certamente, uma forma eficaz de agregar valor no ambiente de trabalho, pois a verdade é que não são todas as pessoas que gostam de trabalhar. É comum que muitas encarem o trabalho como uma obrigação que as garante o sustento de suas famílias.  Dessa forma, elas se limitam a cumprir suas funções dentro de um prazo específico (e nada mais). Existem mesmo funcionários que só realizam uma atividade depois que recebem ordens para executá-la — mesmo que ela integre o âmbito de suas responsabilidades!

O ideal é ser proativo e fazer tudo aquilo que o compete sem a necessidade de ficar recebendo ordens. Mas o melhor é ser capaz de ir além e entregar outras atividades das quais a empresa precisa no momento, mesmo que não sejam de sua alçada. Só evite interferir no trabalho dos outros, pois dá a impressão de que quer tomar o lugar deles ou assumir suas responsabilidades.

Considere o seguinte exemplo: um colega está muito ocupado e não tem condições de conduzir certo processo que é fundamental à produção. Nesse caso, para ajudar a ele e à empresa, você pode até fazer o trabalho. Isso é ser proativo e solidário.

Imagine, ainda, que você receba a incumbência de produzir/vender uma quantidade X de itens diariamente. Em vez de se limitar ao total especificado, você produz ou vende mais. Nessa situação, além de estar fazendo mais do que aquilo ordenado, você está adiantando o trabalho do dia seguinte. É obvio que as empresas preferem colaboradores com esse perfil (e não os menos ativos ou interessados).

11. Tenha humildade

A humildade é uma qualidade rara. Poucos são humildes. Boa parte dos colaboradores empolga-se demais com os próprios conhecimentos e já começa a se sentir superior aos outros. Se o profissional exerce um cargo de chefia ou liderança, a falta de humildade pode ficar ainda mais evidente, pois ele desejará mandar nos demais e ser obedecido. A tendência é que acabe sendo gerado um ambiente desagradável para trabalhar, propício à demissão voluntária de certos funcionários ou a sérios conflitos entre eles.

A falta de humildade desse profissional só terá fim quando ele se achar no direito de mandar até no dono da empresa — alcançando esse ponto, a pessoa perde seu emprego e percebe que sua alegada importância era uma ilusão. A humildade iguala os colaboradores e favorece o diálogo e o bom relacionamento entre todos.

Seguindo nossas dicas, a chance de que o colaborador agregue valor na empresa em que atua é muito maior. Consequentemente, você será mais valorizado por isso.

Gostou deste artigo? Aproveite para seguir a Fit Mobile, empresa especializada na produção de aplicativos para empresas, nas redes sociais. Estamos no FacebookTwitterInstagramLinkedIn e Pinterest!

Avaliações
  • Artigo
5
Resumo do Artigo
Como você pode agregar valor na empresa em que trabalha?
Título do Artigo
Como você pode agregar valor na empresa em que trabalha?
Descrição
Nos dias de hoje, o mercado de trabalho está muito concorrido e competitivo. Há diversos profissionais extremamente qualificados e disponíveis para contratação a todo o momento. Por isso, é muito importante agregar valor na empresa em que trabalha. Nesse sentido, surge a necessidade de os colaboradores de qualquer negócio buscarem pela inovação em suas rotinas. O objetivo é simples: crescer profissionalmente e agregar valor à companhia da qual faz parte.
Autor
Empresa
Fit Mobile
Logo Empresa