Quais são os mitos mais propagados a respeito dos aplicativos corporativos? Como eles podem fazê-lo perder a oportunidade de criar um produto que oferece retornos tão bons para as empresas?

Acreditar nessas ideias equivocadas pode ser prejudicial para o seu negócio, por isso, hoje, mostraremos os principais mitos e verdades quando o assunto tem relação com aplicativos corporativos. Prepare-se para se surpreender!

1. Mito: ninguém mais baixa apps

Há um mito que passa por cima de todos os outros quando o assunto é desenvolvimento de aplicativos corporativos. Uma percepção se desenvolveu, nos últimos anos, e ela gira em torno do fato de que usuários não baixam mais apps. Essa ideia não poderia estar mais equivocada e vamos mostrar o porquê.

Considere, por exemplo, que, em 2017, foram baixados, pelo menos, 178 bilhões de aplicativos, segundo a Statista. E, até então, 205 bilhões de apps já encontraram lugar nos smartphones no ano de 2018. Esse número não só não é negligenciável, como apresenta um crescimento em relação aos downloads do ano de 2016. Naquele momento, foram baixados 90 bilhões de apps, o que já representava um crescimento de 15% em relação ao ano de 2015.

Não há nenhuma evidência de que consumidores não baixam mais apps. O que existe é um consenso na indústria acerca da qualidade dos downloads realizados pelos usuários.

Se antigamente qualquer aplicativo atraía nossa atenção, esse não é mais o caso. Estamos criteriosos em relação ao que instalamos em nossos dispositivos, e esse é um ótimo sinal. Significa que aplicativos bem-feitos encontram uma recepção melhor no mercado e, aqueles que apresentam poucas novidades ou benefícios são negligenciados pelo consumidor.

2. Verdade: aplicativos corporativos constroem marcas mais fortes

Quer fortalecer o branding da sua empresa e não sabe como? Já tentou investir em várias iniciativas de marketing que não trouxeram um retorno interessante? Aplicativos corporativos podem simplificar essa tarefa. Um dos maiores recursos que as empresas têm para fortalecer suas marcas é o brand awareness.

A consciência de marca, em bom português, prega que, quando as pessoas interagem ou visualizam uma marca com frequência, tendem a optar por ela no momento da compra. Para conseguir awareness, poucas coisas podem ser melhores do que colocar a sua marca no celular do consumidor.

Quantas vezes você tira esse aparelho do bolso todos os dias? E em quantos momentos observa as logos dos serviços que utiliza? Aplicativos são capazes de fazer com que uma marca com que interagiríamos algumas vezes por semana, com publicidade ou visitando um website, passe a ser exibida o tempo todo na tela de nossos smartphones. Hoje, esse é o “outdoor” mais acessível do mundo.

3. Mito: só empresas grandes têm chances de competir

Dentre os mitos sobre aplicativos corporativos, podemos destacar o de que apenas grandes empresas podem ser bem-sucedidas na publicação. Muitos acreditam que isso é verdade porque algumas organizações, como o Facebook, são responsáveis por apps populares, que têm uma quantidade impressionante de transferências todos os anos.

Porém, são os aplicativos emergentes que encontramos em maior destaque nas lojas. Jogos independentes, serviços inovadores e tecnologias exclusivas são os grandes diferenciais dessas ferramentas, não o renome de quem as publica.

4. Verdade: aplicativos corporativos ajudam sua empresa a se conectar com os clientes

A satisfação do cliente é fundamental para que uma empresa se mantenha no mercado. E os aplicativos corporativos são uma forma inteligente de investir nela. É que eles trazem para as mãos do cliente uma série de facilidades, dependendo de como são projetados. Considere, por exemplo, que você tem uma loja online. Ao desenvolver um aplicativo, será possível criar um programa de fidelidade que ofereça retornos para o seu cliente e ajude a construir um relacionamento melhor com ele.

Esses aplicativos também têm recursos para oferecer um atendimento mais rápido e menos complicado para os consumidores. Como um bom atendimento é um dos fatores que influenciam diretamente na experiência de consumo, eles também aumentam a satisfação, que, por sua vez, eleva as taxas de retorno e transforma o relacionamento entre marcas e consumidores.

Apps criam canais exclusivos, controlados pelo seu negócio, para que toda a comunicação com os usuários seja gerida de um só lugar. Isso elimina as limitações de outras plataformas, como as redes sociais, e traz, para o empreendimento, métricas e indicadores que ajudam-no a melhorar no longo prazo.

5. Mito: aplicativos corporativos oferecem riscos para os negócios

Ao averiguar os benefícios de se colocar dinheiro em qualquer ideia, devemos analisar riscos. Algumas empresas acreditam que apostar nos aplicativos corporativos pode não garantir retornos tão satisfatórios quanto desejam. Porém, sabe qual é o principal problema nessa lógica? O fato de que o ROI de aplicativos não é calculado da mesma maneira que o retorno de outros investimentos.

Quando você compra um equipamento, analisa apenas quanto de lucro o negócio obteve após sua aquisição. Ao fazer o mesmo com apps, é fácil inferir que os resultados financeiros não foram tão bons quanto o esperado. Todavia, um app não é só sobre dinheiro. Você viu, aqui, que uma marca fica mais forte graças a eles e que a satisfação do cliente aumenta com a sua utilização. Esses são apenas alguns dos pontos que devem também ser considerados no cálculo do ROI.

Ao observá-los atentamente, é fácil perceber que as vantagens de aplicativos corporativos suplantam os riscos que eles oferecem para os empreendimentos.

6. Verdade: aplicativos corporativos trazem lucro

Toda vez que a satisfação dos clientes aumenta, os lucros seguem o mesmo ritmo. E, como mencionamos, satisfação é um dos grandes motivos para se investir em um aplicativo. O melhor nível de atendimento que é oferecido por meio dessas ferramentas é um dos caminhos para uma experiência do cliente melhor, o que quer dizer interações mais significativas com marcas e maior fidelização.

Como você já deve saber, fidelizar é fundamental para vender mais. Os clientes que tornam a fazer negócios com sua organização estão mais propensos a um ticket médio maior e a começar a atuar como advogados da sua empresa, convencendo as pessoas ao seu redor a adquirir produtos e serviços dela.

Os aplicativos que são monetizados também representam uma ótima fonte de lucro. Desde que seja observada a necessidade de se manter os custos de desenvolvimento baixos, um empreendimento tem várias chances de lucrar alto com um app.

Há muitos mitos por aí sobre o desenvolvimento de apps. Mas, com uma boa pesquisa, dá para perceber que essa ideia ainda vale a pena e deve ser considerada para aumentar a competitividade e lucratividade das marcas.

E você? Acreditava em algum desses mitos sobre aplicativos corporativos? Esperamos que essa postagem tenha o ajudado a deixá-los de lado de uma vez por todas. Continue aprendendo e descubra quais são as vantagens dos aplicativos para empresas!

Avaliações
  • Artigo
5
Resumo do Artigo
6 mitos e verdades sobre aplicativos corporativos
Título do Artigo
6 mitos e verdades sobre aplicativos corporativos
Descrição
Há um mito que passa por cima de todos os outros quando o assunto é desenvolvimento de aplicativos corporativos. Uma percepção se desenvolveu, nos últimos anos, e ela gira em torno do fato de que usuários não baixam mais apps. Essa ideia não poderia estar mais equivocada e vamos mostrar o porquê.
Autor
Empresa
Fit Mobile
Logo Empresa