Pensando em montar o seu próprio negócio? Tem uma boa ideia e deseja colocá-la em prática, mas não entende os processos e está cheio de dúvidas em relação à viabilidade técnica e operacional do projeto? Sabe como montar um plano de negócios? Não?

Então saiba que você está no lugar certo, pois, aqui, nós vamos falar justamente sobre isso. Tenha em mente que a criação de um plano de negócios é uma das etapas mais importantes de uma empresa, afinal de contas, é nesse momento que serão definidas suas diretrizes e tudo o que for preciso para suportar o começo de suas operações.

Em outras palavras, essa ferramenta servirá como um guia para a gestão estratégica de uma organização, independentemente do seu tamanho ou segmento de atuação. Vale ressaltar que ela deve ser sempre revista e alterada conforme as suas necessidades de crescimento. 

Além disso, ela se faz indispensável para todo e qualquer empreendedor que está em busca de investidores. Dito isso, apresentaremos agora 5 dicas sobre como montar um plano de negócios. Não perca a leitura em hipótese alguma. Confira! 

1. Reflita sobre a sua ideia

O primeiro passo é refletir sobre a sua ideia. Antes de começar a desenvolver o seu plano de negócios, responda a si mesmo as seguintes perguntas:

  • Quais são as oportunidades de mercado que você enxergou?
  • Quem é o seu público-alvo e quais são as dores que você pretende resolver?
  • Em que segmento sua empresa estará inserida e quais serão seus diferenciais?

É interessante ter essas questões muito bem definidas, caso contrário, você encontrará dificuldades para definir a sua linha de ação.

2. Crie um sumário executivo

É aqui que a montagem do seu plano de negócios, de fato, começa: na criação de um sumário executivo. Essa etapa pode ser considerada como uma espécie de prognóstico, que, por sua vez, deverá apresentar os principais pontos do plano. 

Para a sua melhor compreensão, nele deve estar incluso:

  • descrição da empresa;
  • missão, visão e valores;
  • seu perfil empreendedor (e dos sócios, caso existam);
  • diferenciais competitivos;
  • mercado de atuação;
  • produtos e serviços;
  • estrutura jurídica e normas tributárias;
  • localização;
  • investimento inicial.

Em resumo, o sumário executivo nada mais é do que uma visão geral do planejamento. Simples assim. 

3. Analise o mercado

Podemos dizer que a análise do mercado é a principal parte do plano de negócios. Aqui, será preciso considerar uma série de fatores no que se refere aos produtos e/ou serviços que você pretende oferecer, especialmente em relação às suas demandas. 

O ponto a destacar, nesse caso, é a identificação e a observação do nicho de atuação, já que é esse espaço que dirá que grupos de clientes o pertencem e quais são as suas características, por exemplo.

Para atendê-los de forma eficiente, pergunte-se:

  • Quem é o comprador?
  • O que ele deseja comprar?
  • Qual o motivo da compra?
  • Ele pertence a alguma classe específica?
  • Qual é o seu estilo de vida?

Ao responder essas perguntas, você terá mais facilidade para definir suas políticas promocionais, de distribuição, de preços e também de comunicação. Todas essas informações devem estar contidas no seu plano de negócios, por isso a importância em realizar a análise do mercado. 

4. Estude os custos e determine os números financeiros 

Não menos relevantes são os custos que envolvem a implantação e a execução da sua ideia em termos práticos. E que isso quer dizer nesse caso? A resposta: que você deve estabelecer os números que se fazem necessários para a viabilidade do negócio. 

Nesse sentido, avalie:

  • qual deve ser o investimento inicial;
  • quais serão os investimentos fixos;
  • o capital de giro necessário para, pelo menos, o primeiro ano de operação;
  • quais serão os impostos e como eles serão taxados;
  • qual seria o faturamento mínimo ideal;
  • o que seria uma margem de lucro interessante;
  • como ocorrerá a demonstração dos resultados.

Enfim, estude os custos e determine os números no que diz respeito às finanças como um todo. Montar um plano de negócios sem ter esses conhecimentos é perda de tempo, não se esqueça disso.

Entenda que, ao analisar essas questões, você terá, por consequência, os dados que permitirão calcular o ponto de equilíbrio da sua empresa — uma informação fundamental. 

5. Crie um plano operacional 

Pense bem: se você fosse um investidor, colocaria seu dinheiro em um empreendedor que nem ao menos tivesse elaborado um plano operacional para sua ideia? Pode até ser que sim, mas saiba que, nesse caso, você seria uma exceção. 

É preciso deixar claro que mais do que apenas uma boa ideia, os investidores estão procurando por alguém que mostre-se capaz de executá-las. Lembre-se disso. Essa é a razão pela qual a criação de um plano operacional é tão importante. 

De uma forma geral, considere desenvolvê-lo baseando-se no modo como a sua empresa deveria ser estruturada. Faça estimativas quanto ao número de clientes que podem ser alcançados em um determinado período, para, então, estipular a sua capacidade produtiva e os fatores que a cercam, como a quantidade de funcionários e as suas respectivas atribuições.

Simplificando, é aqui que você definirá de que maneira a sua empresa desenvolverá seus produtos ou serviços e como eles serão distribuídos e comercializados. 

Como montar um plano de negócios

Para concluir, não poderíamos deixar de citar um outro detalhe: a necessidade de seguir o plano de negócios conforme o andamento das diferentes etapas. E por que estamos falando isso? Porque boa parte dos empreendedores que o elaboram acaba deixando-o de lado após o início da atividades, desrespeitando o que foi planejado. 

É bem verdade que os contratempos existem e que, por esse motivo, pode ser preciso alterar algumas propostas, no entanto, procure seguir o que foi planificado, pois, assim, as suas chances de sucesso aumentam.

Nesse contexto, atente-se ao fato de que o plano de negócios não pode ser engessado, ou seja, ele deve ser adaptado de tempos em tempos para que possa estar de acordo com o crescimento. 

Esperamos que você tenha gostado deste artigo. Se você quer saber mais e deseja ficar por dentro de outros assuntos tão importantes quanto esse, assine a nossa newsletter agora mesmo! 

Avaliações
  • Artigo
Resumo do Artigo
Como montar um plano de negócios: confira 5 dicas
Título do Artigo
Como montar um plano de negócios: confira 5 dicas
Descrição
Apresentaremos 5 dicas sobre como montar um plano de negócios. Não perca a leitura em hipótese alguma! Confira o artigo e saiba mais.
Autor
Empresa
FIT Mobile
Logo Empresa