Todos conhecem a importância de transformar a leitura em um hábito diário. Os que estão em constante busca por conhecimento, principalmente, podem se beneficiar muito com a prática. Seja por prazer, seja para se informar ou estudar, ler ajuda a enriquecer o vocabulário, estimula o raciocínio e a interpretação. Os livros sobre gestão, especificamente, são os grandes aliados dos empreendedores, desde os clássicos, até os títulos mais recentes.

O que muitos não sabem é que essas obras ensinam muito mais que dicas sobre gestão empresarial. A maioria delas usa exemplos do dia a dia e mostram como administrar situações corriqueiras, porém difíceis. Pensando nisso, criamos uma lista com os sete livros sobre gestão que você deve ler ainda esse ano. Confira!

1. Inteligência emocional, de Daniel Goleman

Nesse trabalho, o autor explica que características como autocontrole, motivação e persistência são essenciais para quem almeja o sucesso. Segundo ele, de nada adianta ter um alto QI e não se preocupar com a inteligência emocional.

As ideias são apresentadas de maneira persuasiva e servem para treinar o comportamento tanto dos gestores quanto dos empregados. Não importa qual é a sua área de atuação ou objetivo, ter autonomia sobre os próprios sentimentos pode evitar diversos problemas.

A inteligência emocional é difícil desenvolver, pois é necessário muito mais do que estudos para compreendê-la. Por isso, o autor reforça a importância do conceito e apresenta formas de conseguir adquiri-lo e aplicá-lo, não só na empresa, mas também na esfera pessoal.

2. A quinta disciplina, de Peter Senge

A primeira edição da obra foi publicada em 1990 e, segundo a Financial Times, esse é um dos cinco melhores livros sobre gestão empresarial de todos os tempos.

Aqui, conhecemos a importância da visão sistêmica em uma empresa. Aprendemos também que, além dos gestores, os demais funcionários precisam entender como funcionam os processos da companhia. A razão disso é que quando a equipe desenvolve uma percepção mais ampla das situações, há influência direta no desempenho geral da organização.

O autor indica cada ponto a ser desenvolvido para que melhores resultados sejam alcançados. As grandes técnicas de ampliar os seus conhecimentos e enxergar além são apresentadas de forma bem didática.

3. A meta, de Eliyahu Goldratt

Esse livro ganhou destaque por se tratar de uma ficção e ter sido escrita não por um empresário, professor ou consultor, mas sim por um médico. A obra fala de um gestor que tem três meses para transformar uma planta industrial que não produz nenhum lucro em um negócio eficaz.

O protagonista, Alex Rogo, utiliza métodos socráticos para revolucionar a fábrica e melhorar também a sua vida pessoal, o que inclui o casamento.

4. O poder do hábito, de Charles Duhigg

“O poder do hábito” vem ganhando muito destaque e não é por menos. Charles Duhigg, repórter investigativo do New York Times, nos apresenta, com base em extensa pesquisa, a importância de criar hábitos certeiros, não importando o objetivo.

Para se exercitar regularmente, educar bem os filhos, perder peso, criar empresas revolucionárias ou o que mais você quiser é preciso entender como os hábitos funcionam e o que é necessário para transformá-los. Compreender esse ponto pode ser o que separa o fracasso do sucesso.

O livro explica, de uma maneira bem fácil, como os hábitos se consolidam no dia a dia e a forma que o cérebro se organiza, separando tudo em três partes: o gatilho, a rotina e a recompensa. Vale a pena conferir!

5. Faça acontecer: mulheres, trabalho e a vontade de liderar, de Sheryl Sandberg

A autora Sheryl Sandberg é braço direito do Mark Zuckerberg e foi eleita uma das dez mulheres mais poderosas do mundo pela revista Forbes. Nessa obra, ela discute o fato de as mulheres ainda ocuparem uma pequena porcentagem dos papéis de liderança no mundo empresarial.

Com linguagem leve e bem-humorada, ela usa a própria caminhada como forma de encorajar as mulheres a sonharem alto para conquistarem altas posições, em um mundo que ainda é tão dominado pelo sexo masculino. A lição divide espaço com os erros e acertos da executiva.

A versão em português do livro possui uma parte extra com dados sobre as mulheres no mercado de negócios no Brasil e um prefácio escrito pela Luiza Trajano, presidente do Magazine Luiza.

6. Mito do empreendedor, de Michael E. Gerber

Existem diferenças entre técnicos, administradores e empreendedores, e é sobre isso que o autor fala. Esse livro destrói o pensamento de que é necessário apenas conhecimento técnico para que um empreendedor seja bem-sucedido.

É preciso ter habilidade emocional para lidar com diversas situações rotineiras e se tornar um verdadeiro líder, preparando os funcionários para que eles ajam como uma espécie de extensão do gestor. Isso quer dizer que é necessário preparar a equipe para que ela faça aquilo que você faria para possibilitar o crescimento da empresa.

A obra é considerada uma das leituras obrigatórias para quem está disposto a enfrentar a jornada de abrir um negócio próprio.

7. Quem mexeu no meu queijo?, de Spencer Johnson

Esse é um dos maiores clássicos quando o assunto é livro sobre gestão. Apesar do nome incomum, que pode acabar afastando quem procura algo mais específico da área, ele fala muito a sobre a mudança, por meio de quatro personagens — a ideia é que possamos nos identificar com algum deles. 

A leitura é indicada principalmente para quem está no comodismo, a famosa e temida zona de conforto. Aqueles que sentem que a vida está resolvida e não têm mais nenhuma ambição, profissional ou a pessoal, se beneficiarão muito com as lições apresentadas. A ideia principal é deixar bem claro que, para superar desafios e conquistar objetivos, é necessário abandonar o comodismo.

Livros sobre gestão – Conclusão

Como você pôde perceber ao longo da leitura deste artigo, os livros sobre gestão nos ensinam muito mais do que formas de conduzir uma empresa. Com eles, conhecemos maneiras de lidar com os desafios e somos apresentados a perspectivas diferentes, as quais facilitam as nossas vidas e nos diferenciam da concorrência

E você, já leu algum desses títulos? Qual gostou mais e qual será o próximo da lista? Conta para a gente aqui nos comentários!