É verdade que a qualidade faz alguém usar um aplicativo, mas é o nome que traz o interesse inicial e convence o usuário a baixar a ferramenta pela primeira vez. Por isso, é importante dedicar tempo e energia tanto na fase de escolha do nome quanto no desenvolvimento do aplicativo, já que o sucesso da ideia depende da perfeita associação entre ambas as etapas.

Sabendo que esse processo pode ser difícil e longo, listamos oito dicas sobre como escolher nomes para aplicativos. Portanto, se você procura ajuda nesse aspecto, veio ao lugar certo!

Seja diferente

Para chamar atenção do público-alvo, é preciso se mostrar inovador ao escolher nomes para aplicativos. Há duas opções mais comuns: que o termo escolhido seja a junção da função da ferramenta com algo que indique sua qualidade; ou que seja tão diferente que não possa ser associado a outra coisa além do próprio aplicativo.

Sempre que possível, o ideal é escolher um nome único, que não possa ser confundido ou relacionado a outra marca. Ele deve remeter à função do seu aplicativo para que apareça mais facilmente nos resultados de buscas dos usuários.

Não use nomes grandes ou complexos

Quanto mais simples e curto for o termo escolhido, mais facilmente ele será lembrado. O ideal é que os nomes para aplicativos tenham, em média, três sílabas e um máximo de 11 caracteres para evitar que sejam cortados em sistemas operacionais móveis. Se optar por nome composto, certifique-se de que a última letra da primeira palavra e a primeira letra da segunda palavra não sejam iguais nem se confundam facilmente.

Conheça o público para escolher nomes para aplicativos

Assim como você pensou no problema que solucionaria ou no serviço que ofereceria ao criar seu aplicativo, é preciso considerar as especificidades do público-alvo ao selecionar os possíveis nomes. Pense no perfil do seu usuário em potencial e no que costuma atrair ou afastar seu interesse. Com base nessas informações, o trabalho de análise de nomes ficará mais fácil.

Pesquise os nomes dos seus competidores

Um passo essencial ao escolher nomes para aplicativos é se assegurar de que ainda não existe uma ferramenta com a mesma denominação ou algo muito parecido. Pesquise aplicativos disponíveis no mercado que têm finalidades semelhantes àquelas que você quer desenvolver e liste os nomes de todos.

Quando for analisar as opções disponíveis, exclua as que se repetem ou que são muito parecidas com os nomes das ferramentas existentes. A ideia é garantir que um usuário em potencial sempre encontre o seu aplicativo em vez de baixar um concorrente por engano.

Escute a opinião de outras pessoas

Nomear seu aplicativo nunca deve ser uma tarefa que leve em conta apenas gostos pessoais. Um nome que pareça ideal para alguém pode não fazer sentido ou ser pouco atrativo para a maioria das pessoas. Por isso, mesmo que a palavra final na seleção seja sua, recomendamos dividir o processo de escolha do nome em duas etapas:

Levantamento de opções

Peça para que sua equipe e pessoas próximas a você (familiares e amigos) listem sugestões de nomes para aplicativos. Depois, compartilhe as listas entre todos para que possam sugerir modificações nos nomes apontados por outras pessoas. Quando esse primeiro passo for finalizado, reúna as opções e veja quais são as preferidas pela maioria ou que teriam uma inserção mais fácil no mercado.

Entrevista do público-alvo

Depois de escolher os favoritos entre as pessoas que ajudaram no passo anterior, verifique a disponibilidade de domínios ou redes sociais e leve os “finalistas” para uma pesquisa de campo com seu público-alvo.

Pergunte o que acham dos nomes selecionados, se remetem às funcionalidades do aplicativo e se são atrativos o suficiente para estimular o download — caso apareçam como sugestões em uma pesquisa.

Mostre o nome escrito e pergunte como as pessoas o pronunciariam. Cite o nome e pergunte como escreveriam. É fundamental que as respostas coincidam: nomes para aplicativos devem ser fáceis de ler ou pronunciar e, principalmente, ter grafia facilmente deduzida quando escutados.

Verifique a disponibilidade de domínios

Ao desenvolver um aplicativo, é importante criar plataformas para que os usuários possam conhecer melhor as funcionalidades e entrar em contato quando acharem necessário. Também é preciso considerar a presença da marca em redes sociais como instrumento de divulgação para atrair novos usuários.

Para isso, ao escolher um termo, é fundamental garantir que os domínios para site e que os nomes de usuários em redes sociais estão disponíveis. De nada adianta escolher um nome incrível se todas as buscas por ele levarem a sites de empresas que não têm nenhuma ligação com a sua ferramenta.

Existem páginas como The Name App e Bust a Name que verificam se o nome que você escolheu está disponível em diversos domínios e redes sociais.

Sempre que possível, opte por domínios “.com”, que são os primeiros lembrados pelas pessoas que procuram um site. Isso também evitará que alguém registre domínio no “.com.br” com o nome do seu aplicativo e tente vendê-lo a você por valores elevados.

Escolha um nome global

Esse passo tem relação direta com o público-alvo do seu aplicativo. Se você estiver desenvolvendo uma ferramenta com alcance local — e que não tenha possibilidade de expansão a outros lugares —, não há problema em escolher um nome no idioma/dialeto local ou usar regionalismo.

Por outro lado, ao pensar em nomes para aplicativos com potencial ou objetivo de alcance global, é fundamental assegurar que o termo selecionado seja de fácil compreensão em qualquer lugar. Para isso, a recomendação é recorrer a palavras em inglês, latim ou, no caso de optar por um nome em português ou outro idioma, escolher um que seja de fácil compreensão.

O objetivo é garantir que quem escuta o nome do seu aplicativo pela primeira vez seja capaz de entendê-lo facilmente e de escrevê-lo da maneira correta para poder buscá-lo na internet.

Pense no logotipo

Tão importante quanto os nomes para aplicativos são os logotipos, pois estes são a representação gráfica do seu produto e apresentam a ferramenta ao público, seja em sites ou redes sociais. Essa é a razão pela qual o logotipo deve remeter ao nome do aplicativo, ou seja, para que a associação entre os dois seja feita de forma rápida e efetiva.

Com um número cada vez maior de ferramentas disponíveis no mercado, é essencial escolher nomes para aplicativos que deixem claro para que servem e que sejam facilmente lembrados pelo público-alvo.

Agora, a partir dessas informações, que tal escolher o nome no qual você está pensando há tanto tempo e começar a desenvolvê-lo? Também temos dicas imperdíveis sobre como desenvolver aplicativos para celular!

Avaliações
  • Artigo
5
Resumo do Artigo
Nomes para aplicativos: saiba como acertar na escolha
Título do Artigo
Nomes para aplicativos: saiba como acertar na escolha
Descrição
É verdade que a qualidade faz alguém usar um aplicativo, mas é o nome que traz o interesse inicial e convence o usuário a baixar a ferramenta pela primeira vez. Por isso, é importante dedicar tempo e energia tanto na fase de escolha do nome quanto no desenvolvimento do aplicativo, já que o sucesso da ideia depende da perfeita associação entre ambas as etapas.
Autor
Empresa
Fit Mobile
Logo Empresa