Fazer apresentações de trabalho, seja para colegas, superiores, outros profissionais do mercado ou até mesmo investidores, não é uma tarefa simples. É preciso conquistar a atenção dos participantes, ter postura e conhecimento para realizar um bom discurso. Para isso, é fundamental conhecer e usar práticas de oratória. 

Técnicas e métodos de oratória são importantes para melhorar a qualidade de uma apresentação, se comunicar melhor com outras pessoas, falar em público e manter relações interpessoais. Essas habilidades são muito valorizadas e importantes para quem está no ambiente corporativo e quer se destacar nele.

Por isso, selecionamos 10 dicas que melhoram sua oratória, garantindo que você faça apresentações de sucesso e aproveite todos os benefícios dessa prática. Confira!

1. Conquiste a atenção do público com sua Oratória

A primeira dica para uma boa apresentação é começar bem. Normalmente, os minutos iniciais são os mais difíceis e decisivos para que o público se interesse pelo conteúdo apresentado.

Por isso, é necessário pensar em métodos para prender a atenção das pessoas, como uma piada ou pergunta. É interessante buscar maneiras diferentes de começar sua apresentação e ter isso bem preparado. 

Além disso, é comum que você fique nervoso ou inseguro. O ideal é respirar fundo e manter o ritmo, se adaptando durante o desenvolvimento do conteúdo. Entenda que isso é normal e a melhor maneira de lidar é se preparar bem antes.

2. Tenha um roteiro de apresentação

Outra prática importante é construir um roteiro para sua apresentação. O ideal é que ele seja composto por uma introdução, desenvolvimento e conclusão. Colocamos, abaixo, uma descrição mais detalhada sobre cada um desses elementos:

  • introdução: esse é o momento de “quebrar o gelo”, cativar a atenção dos participantes, se apresentar e introduzir o tema que será abordado;
  • desenvolvimento: aqui, você deve definir quais tópicos e subdivisões ajudam a explicar o tema trabalhado;
  • conclusão: no final, é importante fazer um resumo do que foi falado, principalmente quando a apresentação é longa, e fazer um encerramento.

A construção do roteiro ajuda a definir quais assuntos devem ser abordados e qual a melhor forma de usá-los, criando uma apresentação que faz sentido, que seja interessante e fluída. O ideal é que você tenha um objetivo inicial e que, ao final, ele seja cumprido.

Para entender melhor, imagine que sua apresentação é sobre os resultados de vendas para o corpo diretivo da organização, sendo o objetivo mostrar a performance da equipe e suas metas para o próximo semestre. Um bom roteiro seria uma introdução da organização da área, as metas do semestre passado, as práticas realizadas, os resultados alcançados, a comparação entre esperado e realizado, aprendizados e metas para o próximo semestre

3. Domine o conteúdo

Além do roteiro, é importante que você domine todo o conteúdo que será apresentado. Dessa forma, não será necessário ler slides — uma prática mal vista em apresentações. Os slides e conteúdo da apresentação devem servir apenas como suporte visual, não para serem lidos.

O conhecimento de quem apresenta também deve ser superior ao que está descrito nos slides, é preciso que o apresentador vá além e estude o tema com mais profundidade. Isso garante que, mesmo quando as questões são mais complexas, seja simples de responder.

4. Enfatize frases de destaque

Em apresentações mais longas, é indicado que frases e conceitos importantes sejam destacados. Além disso, durante sua fala, o apresentador deve enfatizar esses elementos, reforçando sua importância para o entendimento do conteúdo. Isso é importante para que as idéias centrais da apresentação sejam lembradas por seus participantes ao final. 

5. Responda perguntas

Outra prática de oratória importante para ter sucesso em suas apresentações é responder perguntas dos participantes. Isso pode ser feito durante sua fala ou em momentos específicos.

O indicado é que se a apresentação está dividida em diferentes blocos de conteúdos e assuntos diferentes, as dúvidas devem ser apresentadas ao final de cada tópico para não acumularem. Em contrapartida, em apresentações curtas, elas podem ser feitas ao final.

Também é indicado que as perguntas sejam repetidas antes da resposta ser apresentada. Esse momento deve funcionar como uma conversa com os membros da apresentação.

6. Use recursos interativos

Outra forma de melhorar sua apresentação e garantir que o público fique atento durante todo o tempo é usar recursos interativos, como demonstrações quem envolvam participantes, perguntas e dinâmicas. 

Isso garante que as pessoas mantenham seu interesse e assimilem o conteúdo de forma prática. Além disso, nesses momentos, o foco é retirado do apresentador e o discurso é incentivado entre os participantes.

7. Esteja preparado para problemas

Em qualquer apresentação pode surgir problemas, como falha no arquivo de PowerPoint, no projetor ou até mesmo no microfone. É importante que o apresentador esteja preparado para lidar com qualquer problema que aconteça, tendo alternativas para lidar com ele.

No caso do arquivo falhar em seu computador, você pode ter uma versão salva num pendrive e na nuvem; quando o projetor falha, é necessário ter jogo de cintura e saber levar o conteúdo sem o suporte visual; por fim, sem microfone, será difícil apresentar para muitas pessoas, porém, em salas menores, basta pedir a colaboração e aumentar um pouco a voz.

8. Treine sua apresentação

Treinar a apresentação com outras pessoas também é uma boa prática de oratória. O indicado é que sejam feitos mais de um treino, principalmente quando o assunto é novo e o conteúdo longo e complexo. 

Realizar o treinamento com outras pessoas permite que você receba feedback sobre o conteúdo, estrutura, ordem da apresentação e fluidez. Além disso, elas podem oferecer dicas sobre sua postura, fala e gesticulação, garantindo que o resultado seja o melhor possível.

9. Controle o tempo

Controlar o tempo também é uma prática de oratória importante. Tenha um cronômetro próximo a seu computador ou acompanhe o tempo no relógio, garantindo que todo o conteúdo seja apresentado no tempo correto.

Isso é importante quando o tempo é limitado e outras pessoas precisam se apresentar também, como em convenções, eventos corporativos ou reuniões com membros do corpo diretivo — pessoas que, normalmente, possuem agenda limitada.

10. Use ferramentas diferentes do PowerPoint

Por fim, uma dica para aumentar a qualidade de suas apresentações é usar ferramentas alternativas ao tradicional PowerPoint, como plataformas digitais de criação de conteúdo — Emaze, Prezi, Canva, PowToon e Slides.com são exemplos muito usados. 

Essas soluções oferecem funcionalidades avançadas para criar apresentações mais interessantes e diferentes. Além disso, muitas oferecem layout e formatos prontos, facilitando seu uso quando o apresentador possui pouco tempo e ainda precisa de algo com visual de qualidade.

Gostou dessas dicas para melhorar sua oratória e garantir apresentações de sucesso? Então não se esqueça de assinar nossa newsletter para receber conteúdos que ajudarão ainda mais em seu desenvolvimento pessoal!

Avaliações
  • Artigo
5
Resumo do Artigo
Título do Artigo
Oratória: melhore suas apresentações na empresa com essas 10 técnicas!
Descrição
Fazer apresentações de trabalho, seja para colegas, superiores, outros profissionais do mercado ou até mesmo investidores, não é uma tarefa simples. É preciso conquistar a atenção dos participantes, ter postura e conhecimento para realizar um bom discurso. Para isso, é fundamental conhecer e usar práticas de oratória. 
Autor
Empresa
FIT Mobile