O ROI no mundo dos aplicativos não é calculado como em outros aspectos do negócio. Nesse contexto, devem ser consideradas algumas variáveis que vão além da receita gerada pelo app.

Esses recursos são também um incentivo para que as pessoas interajam mais com a sua marca, busquem suporte e ingressem em programas de fidelidade. Estes aspectos precisam ser considerados no cálculo do ROI para que seja possível entender melhor como a sua empresa tem se beneficiado de um aplicativo corporativo.

Quer entender de uma vez por todas como o calcular o ROI no mundo dos aplicativos? Confira a seguir!

Como funciona o cálculo do ROI?

O ROI, ou Retorno Sobre Investimento é uma medida simples e versátil que ajuda empreendedores a estimarem quanto ganharam ao adquirir um novo equipamento, investir em uma tecnologia ou ingressar em um projeto. A lucratividade definida pelo ROI é expressa em uma porcentagem e o cálculo tradicional é:

ROI = (Ganho obtido – Investimento no projeto) / Investimento no projeto x 100

O grande problema é que o ROI tem algumas limitações e devemos considerar outras variáveis para utilizá-lo na hora de avaliar um projeto de aplicativo. Quando comparamos investimentos apenas com o cálculo do retorno que ele oferece, ignorando as escolhas que antecedem o investimento e outras tantas particularidades que definem a performance de um app, temos dificuldades de estimar com precisão o que aconteceu no processo.

Quais as diferenças do ROI no mundo dos aplicativos?

Para avaliar o ROI de um aplicativo, temos de considerar que o investimento é diferente. Desenvolver um app junto a um parceiro oferece uma porção de custos, como:

  • o custo inicial do desenvolvimento;
  • o custo de manutenção do app;
  • o custo de produtos utilizados para que o app possa funcionar (como licenças e servidores);
  • o custo de marketing dentro do app (envio de notificações push e mensagens dentro da ferramenta); e
  • o custo de divulgação do app.

Todos esses fatores devem ser somados para se obter o valor do investimento real. Em seguida, precisamos considerar os retornos, que também vêm em diversas formas.

Temos a renda gerada por um app, que pode ser medida:

  • pela quantidade de compras do app (se ele for comercializado em uma App Store, por exemplo);
  • pela quantidade de vendas realizadas dentro de um app (caso ele funcione como uma plataforma de m-commerce);
  • o Customer Lifetime Value (CLV), ou quanto um cliente gera de renda para a empresa;
  • o número de usuários ativos; e
  • a renda total do app, incluindo aquela advinda de publicidade, se este for o caso.

Essa série de fatores já torna o ROI no mundo dos aplicativos uma métrica complexa, mas ainda devemos considerar outros retornos, como:

  • o número de consumidores influenciados pelo app;
  • o número de membros que se inscreveram em um programa de fidelidade; e
  • quantas pessoas foram impactadas pela marca desde o lançamento do app.

Devido a tudo isso, entender o ROI de aplicativos é muito mais complexo do que apenas aplicar aquela fórmula que você aprendeu no tópico anterior.

O que considerar ao calcular essa métrica?

Para obter sucesso ao mensurar o ROI do seu aplicativo, antes de tudo, você deverá criar um plano de ação. Ele deve conter etapas que determinam o que será medido, qual valor se atribui a cada etapa, quanto foi investido no desenvolvimento da solução e que resultados diferentes devemos esperar de cada consumidor. Veja como fazer isso da maneira correta:

Crie um plano

Um plano para medir o ROI de um aplicativo vai exigir que os desenvolvedores considerem recursos analíticos durante a criação dele. Esse esforço permitirá que se acompanhem algumas métricas específicas de conversão, que vão além do número de downloads de um app. Cadastros, visualizações e compartilhamentos, por exemplo, são alguns dos vários fatores que podem influenciar no retorno de um aplicativo.

Obtenha o CLV

Lembra que mencionamos o Customer Lifetime Value anteriormente? Ele tem um grande impacto nos resultados de um app, já que estima a renda que cada usuário pode gerar para a sua marca. Identificar este valor vai ajudá-lo a obter um ROI mais preciso.

Conheça os custos de desenvolvimento do seu aplicativo

Saber quanto custou de fato para fazer o seu app é fundamental. Considere os pontos citados anteriormente para determinar o preço da criação e da manutenção do aplicativo — e não deixe de somar as iniciativas de marketing para divulgação do app a esses valores.

Entenda o valor de cada usuário

Nem todos os usuários geram o mesmo valor para uma empresa — e você  provavelmente já sabe disso. Cada canal de aquisição representa padrões de consumo diferentes e estes devem ser considerados para aperfeiçoar o cálculo do ROI. Quanto melhor for a segmentação do público, mais fácil será atribuir pontos aos seus usuários e precisar o ROI da aplicação.

Por que é importante monitorar o ROI?

O ROI de qualquer investimento é importante para determinar se vale a pena tomar uma decisão. Esse cálculo traz muitas vantagens para os negócios, além de viabilizar a avaliação do impacto das escolhas feitas pela gestão. O ROI pode ajudá-lo:

  • a entender o que pode ser otimizado na ferramenta criada para que ela proporcione melhores resultados;

  • a criar estratégias de vendas e estabelecer metas para garantir o retorno de um app;

  • a avaliar a qualidade do serviço prestado pela empresa que desenvolveu o seu app; e

  • a entender quando vale a pena investir mais dinheiro no aplicativo.

O Retorno Sobre Investimento também vai ajudar o departamento de marketing da sua empresa a apostar em estratégias de divulgação mais eficientes. Se um app não apresenta o ROI estimado no momento da sua criação, é possível verificar exatamente que variáveis estão prejudicando seu desempenho e atuar na melhoria delas.

A métrica indicará se são os esforços de captação, divulgação ou o modelo de negócios utilizado em seu app que estão prejudicando o sucesso dele, além de identificar oportunidades para que um bom ROI se torne ainda melhor.

Monitorar o ROI de um aplicativo difere-se de como acompanhamos essa métrica em outros aspectos do negócio porque é um processo constante. Ao contrário de um equipamento adquirido pela empresa, um aplicativo continua gerando valor com o passar do tempo e precisamos dimensionar isso sempre que possível.

Agora que você descobriu a importância do ROI no mundo dos aplicativos e como calcular essa métrica que tal continuar aprendendo? Confira os benefícios de contratar uma empresa desenvolvedora de aplicativos!

Avaliações
  • Artigo
5
Resumo do Artigo
Saiba como calcular o ROI no mundo dos aplicativos
Título do Artigo
Saiba como calcular o ROI no mundo dos aplicativos
Descrição
O ROI no mundo dos aplicativos não é calculado como em outros aspectos do negócio. Nesse contexto, devem ser consideradas algumas variáveis que vão além da receita gerada pelo app.
Autor
Empresa
Fit Mobile
Logo Empresa